quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Cabelos brancos, eu tenho!!


Eu não curto salão de beleza,acho chato e barulhento.Vou quando já não há mais como fugir. Vou,corto os cabelos , pago e saio.Raramente faço as unhas em salão, ou hidratação,ou tingimento ou qualquer outra coisa que um salão possa oferecer. Corto os cabelos porque isso....isso eu não me arrisco a fazer.Já há alguns meses eu parei de pintar os cabelos.E os brancos deram as caras de vez.

Semana passada,quando já não agüentava mais ,me rendi e fui ao bendito. Estava vazio e a cabeleireira era muito simpática e tranqüila. Logo fui atendida.Combinamos o corte.Ficou perfeito .Quando eu pensei que tudo estava acabado ela veio com a máxima: e esses brancos? Você não vai pintar? Você podia fazer......................-segue-se sugestões estilosas,coloridas e que eu nem prestei atenção direito. Eu sorri e disse: Não,obrigada! E ela: Mas................(mais um sem número de argumentos). E eu: Eu curto meus cabelos brancos - e sorri. Ela deu o jogo por perdido.

A pergunta que não quer calar: porque eu não posso ter meus cabelos brancos em paz?

Quando eu me olho no espelho os fios brancos saltam à vista e eu os acho lindos. Dá-me um prazer imenso pensar que ali mora a minha história. Se alguém quer pintar os cabelos por motivos inversos aos meus,que fique à vontade,mas eu...euzinha.....vou deixar ficar branco até sei lá quando. Sim,eu sou mulher e qualquer dia desses eu posso ter um surto e pintar de sei lá que cor,oras!Mas até lá...e pelo que sinto esse dia está longe, deixe-me com meus cabelos brancos e orgulhosos. Eu quero ser eu,do meu jeito,sem dogmas estéticos que não nos levam a lugar alguém a não ser à paranóia da falsa beleza. Quero fazer as coisas no meu tempo.Aliás tempo é uma palavra bacana quando você anda junto com ele,o respeita,o entende. Cabelos brancos são feitos de tempo vivido,sofrido,chorado,gozado. Eles são independentes,tão independentes que crescem diferente dos outros cabelos.Eles são eles e mesmo que eu os pinte ,eles estarão lá.

Então até segunda ordem,eu sou uma mulher que coleciona cabelos brancos que dançam entre meus cachos.

7 comentários:

Susane Schletz Mendoza - Suzy Kill disse...

Ah cabelos brancos... eles já nascem no topo da minha cabecinha linda e coloridamente ruiva. Eu admiro sua postura em assumi-los, mas eu ainda não tenho essa moral toda. Continuo a pintar, continuo a pintar, continuo....

Arthemise disse...

Olá! Comigo foi um pouquinho diferente. Tenho fios brancos desde meus 15/16 anos, e era louca pra mudar a cor das madeixas, mas não tinha coragem. Daí quando os tais surgiram no topo resolvi ficar ruiva. Engraçado que tenho 31 anos e umas boas mechas prateadas espalhadas na cabeça, muitos dizem que eu ficaria bem deixando os fios voltarem ao natural (louro) e que os brancos nem iam aparecer! Como quem pinta, corta, hidrata, escova e qqr outra coisa que der vontade de fazer quem faz sou eu mesma, no conforto do meu banheiro, um dia, quando eu cansar eu paro e vejo como fica, por que não é da conta de ninguém se queremos pintar ou não! O lance é gostar do que o espelho te mostra! =]
Ótimo texto. Beijos!!

Daniel disse...

Eu acho que a cor mais bonita que cabelo pode ter é a cor natural!

Nana Odara disse...

me dá noticias da anfibia...
beijo

Cacau Gonçalves disse...

Pois então...rs

Eu já tentei deixar duas vezes, mas realmente não combina com meu rosto, meu cabelo e meu estilo. Uso henna porque sou mega-natureba...rs

Já devo ter bem uns 30 a 40% de cabelos brancos, ou seja, é muito. Mas o problema é que eles aparecem em tufos totalmente desorganizados... rs Isso é o que me incomoda mais. Minha mãe nunca pintou o cabelo, mas tem menos brancos do que eu e os dela são lindamente distribuídos por toda a cabeça... parece que fez luzes! Se os meus fossem assim, eu deixaria.

Fora isso, concordo total com vc: detesto salão! Tenho aquele aparelhinho pra fazer depilação em casa, o que me livrou da cera fria e da depiladora (é masoquismo demais puxar aquilo por conta própria...rs) o aparelhinho arranca pela raiz sem doer tanto. As unhas eu costumo aparar e lixar... Sou muito desconfiada do chumbo dos esmaltes (afff... naturebíssima, eu disse!) e nos cabelos eu passo a henna, só uso cremes sem parabenos, silicones e outras porcarias para fazer massagem e para lavar, tenho usado um xampu em barra de ervas, totalmente natural, que uma amiga me mandou do exterior ou (pasme) água com bicarbonato e enxague de água com vinagre. Estou desintoxicando as madeiras e até conseguindo que os cachos apareçam (meu cabelo é daquele, nem isso nem aquilo, sabe? rs um ondulado bem desordenado...rs)

Enfim... Sou super a favor de quebrar certos tabus sobre os cuidados com a beleza, eu já quebrei vários, a começar por este negócio de escova progressiva, que vem transformando toda mulher na mesma coisa... O do cabelo branco ainda não por enquanto ;-)

beijão

Gigi disse...

Olha Cacau, se vc é adepta da natureza está errado usar henna ela tem mais produtos que fazem mal a saúde, vai diretamente para corrente sanguínea, se informe melhor e deixe ela de lado também, abração!.

Patricia Florindo disse...

Você é a primeira pessoa que pensa como eu! exatamente assim!
Não sou a única e fiquei feliz, pois eu aceito do jeito que sou e as pessoas não entendem!